11.7.17

Vamos assumir a beleza do brechó?

O nome de um estabelecimento que troca e/ou vende itens usados é brick/brique ou brechó. Esse nome é uma corruptela de Belchior, nome de um mercador de usados no Rio de Janeiro (sem data precisa).
Acho estranho o receio de usar estes nomes. Sei que diversas pessoas trabalham para desmistificação dos tabus que envolvem o mercado. Porém várias outras fogem dos estereótipos sem se comprometerem com a mudança de paradigma.
Brechó é o negócio de roupas cujas práticas são sustentáveis em excelência. Não há nenhum outro tipo com tantas qualidade de reciclagem, ressignificação, geração de renda como ele.

É LINDO SER BRECHÓ! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NoDerivs 3.0 Unported License.